Empresa portuguesa cria o stand tecnológico mais avançado do mundo

Empresa portuguesa cria o stand tecnológico mais avançado do mundo

Designmark Group cria o stand tecnologicamente mais avançado do mundo para empresa russa 

Empresa portuguesa dá cartas na Innoprom 2017, uma das maiores feiras industriais internacionais do mundo. Realizada anualmente em Ekaterinburg, na Rússia, a edição de Julho contou com a presença de Vladimir Putin e ministros russos, governadores de várias regiões e várias delegações internacionais onde se incluíam alguns ministros.

Chama-se Designmark Group e é uma empresa com sede em Portugal e com gestão suíça. Marc Kunz, o fundador, é um apaixonado pelo Alentejo e foi ali, no Monte das Louzeiras, em Vale do Vargo, Serpa, onde se estabeleceu há 15 anos e onde fundou esta empresa que opera nos quatro cantos do mundo, com escritórios na Suíça, Rússia, Arábia Saudita, Malásia, Maldivas e, muito brevemente, em Lisboa.

No ano em que comemora 10 anos de existência, a Designmark acaba de ser uma das estrelas da mega feira industrial internacional, Innoprom, que se realizou este verão. Num projeto avaliado em alguns milhões de euros, a Designmark Group foi a responsável pelo pavilhão da RCC – Russian Copper Company - uma das três maiores empresas russas de produção de cobre. Para este projeto a Designmark contou com parceiros alemães, russos, checos e também de Los Angeles, num total de 850 metros quadrados divididos por 3 pisos.

Para a construção do mesmo foram utilizadas 308 toneladas de materiais. Foram necessários 38 camiões, 228 pessoas (entre arquitetos, engenheiros, designers, project managers e montadores), 4 meses de preparação, que resultaram em 19 dias de produção, 24 sobre 24 horas. Tudo acompanhado por tecnologia de ponta que contou com 90m2 de piso interativo, fachada cinética composta por 3600 triângulos de cobre e mais 5400 triângulos estáticos e 76 m2 de fachada interativa. E ainda um teatro composto por várias mesas interativas - física, de areia para crianças, 3D -, 10 filmes de projeção holográfica em duas línguas, 10 filmes de realidade virtual em cadeiras rotativas para visitar as minas e centros de produção em 3D. Os gabinetes e lounge gozavam também de écrans interativos que simulavam janelas reais, enfim, tudo à medida de um cliente exigente. A tudo isto não faltou um requintado design de interiores e toda a produção de souvenirs e fardas. Na Innoprom deste ano, para além da RCC estiveram representadas mais de 600 empresas de 20 países, onde o Japão era o país convidado.

Novos desafios se aproximam para esta empresa, com mais dois projetos ganhos para o desenvolvimento e produção de dois hotéis resorts, de 5 e 7 estrelas, em duas ilhas das Maldivas, onde certamente não faltará o que de melhor as novas tecnologias têm para oferecer.

Facebook Twitter Google+ Pinterest

Deixe um comentário

×

Log in

×

Inscreva-se para se manter em contato!

Seja o primeiro a conhecer ofertas especiais e acordos exclusivos da Mobiliário em Notícia e dos nossos parceiros.

Check out our Política de Privacidade & Termos de Utilização
Você pode cancelar a assinatura da lista de e-mail a qualquer momento